terça-feira, 4 de setembro de 2012

OFICINA DE DANÇAS CIRCULARES SAGRADAS - Polaridades III


No dia 07 de outubro de 2012, as 15h, novamente estaremos em contato com este tema que perpassa o nosso ser.

Como encontrar o equilíbrio sem antes experimentar os pólos?
A existência determina a vivência das polaridades para que escolhas e decisões sejam tomadas com base em um referencial.

Nas Danças Circulares Sagradas nosso referencial é o centro.
A roda que gira e balança atraída pelo centro está sempre amparada pelo ritmo e procura o equilíbrio mantendo a sua frequência e harmonia.

E o corpo?
O corpo executa por meio da sua estrutura o movimento. E reunindo em si a percepção dos sentidos traz neste contexto a emoção, a noção, o significado, a direção.
A importância do momento em roda está na emoção e na razão de perceber o equilíbrio sentindo e harmonizando as polaridades no tempo e no espaço!

Meditação, dança, descontração: vamos brincar com o corpo e integrar as emoções!!

Informações: 51 9639 0707  carolinebklipel@hotmail.com

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

"deixe a Vida fazer com Você o que a Primavera faz com as Flores" Pablo Neruda

A Lua Azul passou trazendo o mês de setembro. Mês da primavera, estação onde, segundo a Medicina Tradicional Chinesa, há a renovação da natureza. Neste período, se faz importante apaziguar a mente, recompensar e estimular o corpo a viver. Assim, a energia criativa possa circular de maneira fluida permitindo o planejamento e a tomada de decisões.
As oportunidades vão surgir, mas depende de você libertar-se da âncora de conceitos ultrapassados e deixar a vida seguir seu fluxo aproveitando os frutos das boas sementes que plantamos. Não se deixar iludir pelas cores brilhantes da sedução ajuda a percebermos se o rumo que estamos tomando é baseado em valores reais: amor, justiça, fraternidade, verdade... Em momentos transitórios como primavera e outono encontramos a oportunidade para avaliar o que é supérfluo no sentido material e espiritual.
Permitir-se sonhar e ir atras deste sonho se desapegando de velhos conceitos nos fará concretizá-los. Desde que estes sonhos encontrem propósito no coração e as nossas atitudes se abram para que a nossa criança interior atue. Uma dose de cautela, prudência e razão são necessárias para qualquer atitude feliz, pois não devemos nos deixar levar por qualquer impulso ou paixão. Cada um tem o seu "Poder" que realiza a ação; a reflexão o equilíbrio e  a responsabilidade nos levará ao sucesso, sem reter a felicidade só para nós mesmos, pois a vida é feita de trocas.
Se olharmos os desafios como oportunidades a serem aproveitadas o medo diminui sobressaindo-se a coragem. O medo causa sérios problemas na vida podendo levar ao isolamento de quem o sente. É importante refletir o porquê dos medos, já que são criações da mente, crenças em valores falsos. Se este for o caso, deve-se buscar apoio, pois a ação é somente sua e todos os dias é dia de recomeçar - confiança!
A vida é cíclica!
Navegue rumo à felicidade!
A primavera nos pede para cuidarmos da nossa autoestima investindo em nosso potencial e renovando os projetos de vida. Não podemos ficar presos a sentimentos que não trazem paz: perdoe-se. Relaxe e reconcilie-se consigo mesmo. Todos temos capacidade e inteligência para vencermos a vaidade, o egoísmo, a prepotência e o autoritarismo porque a "chave de qualquer obstáculo está em nossas mãos, ou melhor, em nossas atitudes.